Victor Enrich

"City Portraits"

City Portraits

"City Portraits" (2007-2012) é uma série de fotos que resulta da seleção de um amplo relatório fotográfico, feito durante uma longa jornada de 6 anos que Víctor Enrich fez através da Europa central e Médio Oriente. Entre todos os locais, merecem uma menção especial as cidades de Riga (Letónia), Tel Aviv (Israel) e Munique (Alemanha), devido a estadias mais longas em comparação com os outros locais que foram visitados.

A importância desta série baseia-se no facto de ser a representação da primeira experiência séria e a longo prazo na carreira artística de Victor Enrich, apesar de nenhuma destas fotografias ter sido criada para ser parte de um projeto idealizado. Em vez disso, cada uma delas serviu de mote para a produção das outras. Assim sendo, é possível através da visualização da série, perceber como ao longo dos anos as técnicas de computação gráfica se tornaram cada vez melhores, enquanto que os processos conceptuais foram ficando praticamente na mesma.  Os locais retratados na série correspondem aos edifícios em frente aos quais Enrich costumava passar nas suas caminhadas diárias. Passeios estes que deveriam servir para melhorar o processo de exploração urbana, e que pode ser considerado como uma das maiores atividades de lazer levada a cabo por Enrich.

Descrição Temporal

A série começa com Riga, uma cidade na qual Enrich viveu por um período de 2 anos e onde teve o primeiro contacto com o mundo da arte, já que nesta altura passava grande parte do seu tempo em ocupações de edifícios na Letónia, prática essa que estava em expansão desde a queda da União Soviética. Esta primeira parte da série mostra principalmente as experiências de hibridação simples, onde as formas dos diferentes locais são misturadas conjuntamente. No entanto, uma primeira experiência de torção pode ser também vista. ("Looping") Feita em Tel Aviv, entre 2009 e 2011, quando Enrich entra num período de produção intensiva. O número de fotografias feitas neste local é, de longe, a maior até à data em que este artigo foi escrito (maio de 2016). Enrich apaixonou-se pelo ambiente artístico da cidade, bem como pela possibilidade de alcançar o sucesso inerente aos artistas, uma vez que muitas das galerias locais estavam ligadas a outras em Nova York ou Los Angeles.
Tel Aviv concentra a maior quantidade de exemplares do "período de torção" de Enrich, um período que faz com que as suas obras de arte sejam colocadas no mapa mundo. Devido a uma saída indesejada de Israel, em consequência de uma deportação, Enrich sentiu um impulso emocional para terminar "City Portraits" o mais rápido possível.
A busca por um emprego em Barcelona, que não foi bem sucedida devido à crise económica, forçou-o a procurar em Munique, cidade bem conhecida por fazer parte de uma das mais ricas regiões da Europa, a Baviera, na Alemanha. Durante os 9 meses em que Enrich esteve em Munique, conseguiu terminar 3 fotografias, as quais até à data, foram as últimas desta série. Devido ao facto de "City Portraits" não ter sido criado como um projeto idealizado, há a possibilidade de no futuro vir a incluir novas imagens.

Victor Enrich

Desde criança que mostrou interesse em todo tipo de jogos de construção, jogos esses que com o passar do tempo, acabaram numa forte paixão pela arquitetura.
No final dos anos 80, durante a sua juventude, estabeleceu uma forte conexão com computação gráfica e começou a trabalhar em projetos 3D onde retratou, em primeiro lugar casas e de seguida, cidades inteiras.
Nos seus anos de faculdade, começou a trabalhar profissionalmente como ilustrador de arquitetura em 3D, uma carreira que o ocupou por quase 15 anos. A maioria dos seus clientes eram arquitetos, muitos deles, antigos professores da sua faculdade.
Em 2007, apesar do sucesso das suas conquistas profissionais, ele decidiu demitir-se e mudar de direção, deixando todo o tipo de produções comerciais em 3D e entrando num mundo de experimentação com o único objetivo de autoconhecimento. Um caminho que o levou a entrar para o segmento da arte, sendo este o enquadramento perfeito para desenvolver as suas ideias.
Até à data, o seu trabalho foca-se na criação de laços entre sentimentos e volumes, através da constante observação da arquitetura e de qualquer tipo de cenário urbano.

B Concept Store

Rua São João nº15

A B Concept Store situa-se na rua Rua de S. João 15 em Braga. É um espaço inovador que reúne uma plataforma integrada de projectos únicos. O espaço associou-me este ano ao...

Mais informação

Horário

Segunda a Quinta | Monday to Thursday: 10h30 - 19h30 | Sexta a Sábado | Friday to Saturday: 10h30 - 21h30

Mecenas Prémio Emergentes DST

dstgroup

Apoio à Impressão

lumen koylab graficavv

Apoio ao Design

gen