Zuzana e Daniel Laurinc

"Garden"

Garden

Nos últimos vinte anos, nenhum outro lugar experienciou uma expansão tão grande das Tecnologias de Informação (TI) quanto Bangalore, o Silicon Valley indiano. Com mais de 80% da sua população a trabalhar nas TI, tornou-se o sonho indiano, atraindo jovens de toda a Índia em busca de um nível de vida melhor. A classe média tem vindo a crescer exponencialmente, e a cidade não só sofreu mudanças ao nível da sua infraestrutura visual, como também criou um mundo virtual sem fronteiras sociais. O novo estilo de vida liberal colide fortemente com tudo o que a cultura indiana construiu nos últimos 5000 anos – fortes tradições familiares, uma sociedade baseada em moldes e géneros, e a omnipresente religião com os seus rituais diários. O fosso entre Bangalore e as origens destes seus novos habitantes cresce massivamente. Sempre que voltam à terra-natal para visitar a família defrontam-se com mútuas incompreensões. Antes da entrada das TI nesta cidade, Bangalore era conhecida como a cidade jardim, devido ao seu clima ameno. Hoje em dia, são as empresas das TI que representam o jardim celestial na terra, com inúmeras oportunidades de carreira e um resplandecente estilo de vida ocidental. À primeira vista, parece um conto de fadas com milhões de personagens felizes do mundo das Tecnologias da Informação. No entanto, nem tudo que reluz é ouro... e há muita ilusão por trás do novo sonho indiano. Apesar de ser extremamente atraente, a vida da geração das TI traz caos, depressão, isolamento social e uma indubitável esquizofrenia de identidade. Todos estes fenómenos se desencadearam numa cidade onde tudo acontece a um ritmo acelerado, semelhante à capacidade de expansão do silicone, mas onde a cultura protetora tem sido preservada por séculos e séculos.

Zuzana e Daniel Laurinc

ZUZANA LAURINC HALANOVA (1978) nasceu em Bratislava, na Eslováquia. Após ter terminado o curso de História da Arte em Bratislava, trabalhou como repórter para algumas das mais notáveis rádios e jornais eslovacos. Atualmente, estuda no Instituto de Fotografia Criativa, em Opava, na República Checa. Já expôs as suas obras em França, Portugal, Áustria, e nas Repúblicas Checa e Eslovaca. Participou de um workshop de fotografia com Jonas Bendiksen. Ela é esposa e parceira fotográfica de Daniel.

DANIEL LAURINC (1983) nasceu em Bratislava, na Eslováquia. Depois de terminar o curso de Filosofia na sua cidade natal, Daniel foi viver para Espanha. Ficou por lá durante quatro anos, e estudou fotografia em Barcelona. Representou o Instituto de Fotografia (IEFC) onde estudou através de vários festivais internacionais e exposições, tais como, Sony World Photography Award em Cannes, e o Visa Off em Perpignan. Recebeu bolsas de estudo para fazer workshops com os fotógrafos da Agência Magnum, Bruce Gilden, Jonas Bendiksen e Antoine d'Agata. É marido e parceiro fotográfico de Zuzana.

Mosteiro de Tibães

Rua do Mosteiro - Mire de Tibães

O Mosteiro de São Martinho de Tibães, antiga Casa Mãe da Congregação Beneditina portuguesa, foi adquirido pelo Estado Português em 1986 e afecto ao Instituto Português do...

Mais informação

Horário

Terça-Feira a Domingo | Tuesday to Sunday | 10h00—19h00

Horário de Inverno (a partir de 24 de Outubro) | Winter time (from the 24th of October) : 10h00 - 18h00

Mecenas Prémio Emergentes DST

dstgroup

Apoio à Impressão

lumen koylab graficavv

Apoio ao Design

gen