30 anos 30 anos 30 30

Andreas Tchersich

"Peripher"

Peripher

O epónimo "Peripher" funciona nos meus trabalhos como um momento estrutural, estético e mental. Refere-se aos locais de trânsito e de transição que desafiam a classificação, padronização e demarcação inequívocas. Eu retrato paisagens urbanas nas quais as pessoas, a preservação, os hábitos e os costumes permanecem escondidos. O teor mantem-se o mesmo independentemente se a cena se passa em Charleroi, Liverpool, Nova Iorque ou Tóquio. As fotos são universais e nunca parecem ser estranhas ou proibidas, mas são sempre familiares na sua banalidade quotidiana, mesmo para aqueles que nunca estiveram lá antes.

Estou sempre em busca de motivos, para ter certezas, mas às vezes eles só chegam até mim por um simples acaso. Enquanto ando pela cidade, por vezes os motivos aparecem simplesmente de rompante: essa sensação que eu procuro transmitir nas minhas fotografias. É a perceção desse momento complicado quando tudo está por um fio, no instante que antecede a tomada de uma fatídica decisão: incumprimento ou gentrificação, perigo ou segurança. Tudo pode acontecer. Sou contra o facto de apelidarem as minhas fotos de fotografias arquitetónicas, ou identificar ligações diretas com o trabalho de Bernd e de Hilla Becher, ainda que o meu trabalho esteja claramente em consonância com a tradição fotográfica do registo da relação do homem com seu ambiente (construído), desde a segunda metade do século XX.

A fim de me manter tão próximo quanto possível do» olhar humano «, da experiência de um instante, eu utilizo de um método de montagem digital invisível ao espetador. Juntando vários negativos de tamanho médio eu formo uma grande foto, como forma de retratar setores mais vastos sem distorcer a perspetiva, algo que seria inevitável numa exposição de captura única analógica usando uma câmara de grande formato. Numa palavra, faço uso da tecnologia não para falsificar a realidade, mas para» aproximá-la tanto quanto possível ".

Edifício do Castelo

Rua do Castelo, 4700-311 Braga

.

Mais informação

Horário

Terça a Sexta: 10h as 13h e das 14h30 as 18h30 | Sábado: 14h30 as 18h30

Segunda e Domingo: encerrado

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal