Martim Ramos

"Melancholia"

Melancholia

“Melancholia” é um projeto sobre declínio e ruptura. Melancholia existe enquanto documento de uma experiência e, sobretudo, enquanto registo do modo como a memória se confronta com o que não quer recordar. ... No, it is impossible; it is impossible to convey the life-sensation of any given epoch of one’s existence – that which makes its truth, its meaning – its subtle and penetrating essence. It is impossible. We live, as we dream – alone...” Joseph Conrad, Heart of Darkness

Martim Ramos

Martim Ramos bio projectos melancholia Elementar Dies Irae No Hard Shoulder No Hard Shoulder (In CCTV We Trust) How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb Colossal Youth livros melancholia Only in America B.E.R.L.I.N. histórias ATELIER: Paulo Mendes da Rocha Áreas Desafogadas (com Guillaume Pazat) As obras do São Luiz Sobre como fazer cavalos Más que la vida Raquel retratos Retratos pt en Martim Ramos é licenciado em História da Arte e mestrando de História da Arte Contemporânea na Universidade Nova de Lisboa. Fez estudos de fotografia no Mau.maus e no Ar.co. Tem colaborado frequentemente com a imprensa desde 2006, destacando o Público, Expresso, Time Out Lisboa, Jornal i, Serafina, Le Monde, Japan Times e Time Magazine. Entre 2008 e 2010 foi fotógrafo e editor de imagem da ‘Obscena – Revista de Artes Performativas’. Expôs individualmente, em Estremoz (2008), o trabalho No Hard Shoulder e, em Lisboa (2011), o projecto Uma História de Violência. Colectivamente, expõe com regularidade desde 2007, destacando a participação em projectos como Remembering Kerouac (Lisboa, 2007), Lusofonia (Bruxelas, 2008), 450 (Évora, 2009), A State of Affairs (Lisboa, 2009; Istambul, 2010), Um Diário da República, (Porto e Bratislava, 2011), Danos Colaterais (Braga, 2011) e ND40 (Braga, 2012). Comissariou as exposições Schadenfreude (Lisboa, 2011), Danos Colaterais (Braga, 2011) e Atlas (Lisboa, 2012). Recentemente, vem desenvolvendo projectos pessoais, explorando diferentes possibilidades narrativas e formais no domínio da fotografia documental. É autor e coordenador dos programas educativos da [kameraphoto] e tem sido convidado regular em aulas e conferências sobre temas da fotografia. É membro da [kameraphoto] desde 2007.

Local da Exposição

Teatro Gil Vicente

Mais informações brevemente.

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal