Susan Barnett

"Not In Your Face"

Not In Your Face

Na série “Not In Your Face”, é claramente evidente a t-shirt , mas estas fotografias não são sobre a t-shirt em si. São sobre histórias de pessoas que contam a sua própria história. Procuro indivíduos que se destacam entre a multidão, através da mensagem que escolheram para trazer impressa nas costas. As mensagens são combinações de imagens e palavras, que são apropriações da cultura contemporânea, mas têm o efeito peculiar de misturar significados dando-lhes novos sentidos. Pelas ruas, estas pessoas criam as suas próprias iconografias, numa exploração de questões culturais, políticas e sociais que têm impacto na nossa vida quotidiana. Nos primeiros meses de 2012, o LA Times, publicou um artigo na 1ª página, descrevendo a emergência da t-shirt e camisolas de carapuço, como peças essenciais do movimento de protesto criado em favor de Trayvon Martin, um jovem que foi abatido a tiro na Flórida e se tornou causa célebre em toda a nação. A Trayvon Martin protest T-shirt tornou-se essencial em manifestações por todo o país, e é difícil pensar noutra peça de roupa como sendo mais representativa do espírito de tensão que se vivia em abril de 2012. Por vezes parece que o algodão fora de moda, fez tanto como a Internet, para espalhar por todo o país e pelo mundo inteiro, os memes associados à tragédia. Estas fotografias demonstram como estes indivíduos usam uma espécie de insígnia de honra ou troféu que diz " Eu pertenço a este grupo e não àquele". Cada uma destas pessoas revela uma parte de si mesma que anuncia as suas esperanças, ideais, gostos, desagrados, visão política e mantras pessoais. Fotografando pelas costas, procuro investigar a tradição respeitada ao longo dos tempos de que o retrato é de frente, testando se o tipo de corpo, as formas de vestir e de andar, podem dar-nos tanta informação como uma expressão facial. Depois de fazer a montagem das fotografias em grelhas, procuro revelar semelhanças e diferenças em cada grupo e explorar padrões e temas únicos. Deixo-me influenciar pelas tipologias de August Sandere e The Bechers. Acredito em que a força do significado de cada imagem, se manifesta através da justaposição de muitas imagens. É um universo de indivíduos, que combinados dão origem a uma imagem da nossa época, sem imposição de julgamentos. Nestas fotografias, estabelece-se uma conversa com cada uma das personalidades e pode ocorrer um diálogo. Podemos pensar que sabemos mais sobre estes indivíduos do que na realidade sabemos. O seu mistério mantém-se e a força da fotografia pode satisfazer o nosso impulso de o re

Susan Barnett

Quando George Harrison chegou a Nova Iorque para a visita histórica dos Beatles, trazia consigo uma Pentax Spotmatic ao descer as escadas do avião. Nessa altura eu tinha 15 anos, e, pouco depois, comprei o mesmo modelo da Pentax e comecei a fotografar a minha vida de todos os dias, tal como se me afigurava. Mais tarde tive a sorte de me ter sido oferecida uma Leicaflex SL2 com 40 anos, que tinha sido do meu pai, e que ainda hoje uso. Após um estágio nos Cloisters, o ramo Medieval do Metropolitan Museum of Art, tive a sorte de conseguir um lugar nas Perls Galleries em Madison Avenue, que se especializaram na School of Paris, the Fauves e tornaram Alexander Calder popular. Trabalhei lá durante doze anos, como Diretora Associada. Ainda hoje continuo a minha associação com Calder e the Perls. Mesmo ao lado da Perls Galleries ficava a Light Gallery, uma das primeiras galerias a expor Fotografia Contemporânea. Foi aí que tive o primeiro contacto com os trabalhos de Steven Shore, Aaron Siskind e Lee Friedlander. O mundo da arte dos anos 70 em Nova Iorque, deu-me a oportunidade de explorar a arte de então, mas, devido à vizinhança com todos os Museus e galerias bem como leiloeiros, consegui fazer a minha auto formação em pensamento visual, enquanto lidava com o trabalho dos Mestres. Continuei a fotografar até que voltei a usar outra vez a minha câmara a tempo inteiro. Fiz exposições individuais no Griffin Museum of Photography, Center for Fine Art Photography, DeSantos Gallery e, em outubro, no Detroit Center for Contemporary Photography. “Not In Your Face” recebeu recentemente os prémios PhotoLucida Critical Mass Top 50 e PDN Annual 2013. As imagens encontram-se em Clampart, Nova Iorque.

B-Lounge da Biblioteca Geral da U.Minho - Campus Gualtar

Variante de Gualtar, 4710-057 Braga

.

Mais informação

Horário

2ª a 6ª-feira das 8:30 às 20:00

Horário de Setembro

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal