Guilherme Gerais

"Intergalático"

Intergalático

Intergalático, é uma espécie de ensaio literário visual. A estrutura que define esse percurso é sempre múltipla: há colagens, registos, tramas, efeitos, anulações, além da nitidez e ilustrações, releituras e pequenos vestígios. As imagens alternam-se sob uma ordem que pressupõe uma participação imediata do leitor/espectador: desde o início há o convite para um jogo, um desenlace, um desafio entre aquilo que é visto e aquilo que permanece. A estratégia, nesse caso, aponta sempre para o acaso, a desordem, a primariedade de uma suposta vida prévia – algo que se divide entre o espaço terrestre e o universo virtual, uma viagem que seria para o passado, mas é também para o futuro, um desejo que não se revela por inteiro, mas que está sempre presente.

Guilherme Gerais

Guilherme Gerais é fotógrafo e diretor de fotografia, nascido em 1987 em Londrina, Brasil. As suas atividades dividem-se entre filmagens para cinema e a sua produção fotográfica. Entre os seus trabalhos destacam-se o livro de fotografia Intergalático, auto publicado pela editora Avalanche, lançado em Novembro de 2014 no Paris Photo, em França, a longa-metragem Leste Oeste e as curtas Mister H, Jardim Tókio, O Castelo e Sylvia, além dos documentários O Nadador e Andrea Tonacci.

Casa das Bombas (Galeria Janes)

Galeria Janes - Rua do Souto, 21

Situada no Edifício da "Galeria Janes" na Rua do Souto n.º21, a rua da porta de cidade de Braga, o nome “Casa da Bombas”, surgiu metaforicamente para acolher a XXV edição do...

Mais informação

Horário

Terça a Domingo | Tuesday to Sunday: 10h -12h30 | 14h30 - 18h30

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal