Georges Pacheco

"Et In Arcadia Ego"

Et In Arcadia Ego

“Et In Arcadia Ego” é uma frase inventada por Virgil, que significa "Eu (a morte), também estou em Arcadia". Arcadia é uma terra de delícias míticas localizada na Grécia, uma terra de pastores, onde viveram felizes de amor.
Através desta expressão, que é do tipo memento mori (lembra-te que és mortal) e que foi primeiramente encontrada numa pintura de Guercino, e em seguida reutilizada duplamente por Nicolas Poussin, eu revisito o tema das pinturas de vaidade.
“Et In Arcadia Ego” é um trabalho através das estações, que documenta a história de amor entre duas pessoas num universo singular, e a estreita relação com a sua matilha de cães. Esta é uma meditação fotográfica em torno de um casal que representei tal como eles são na vida quotidiana e que acompanhei durante dois anos nas suas caminhadas pelas florestas, bem como nas suas reflexão sobre o amor, o prazer e a morte.

Georges Pacheco

Georges Pacheco vive entre Le Mans e Arles. Diplomado pela École Nationale Supérieure de la Photographie d’Arles em 2012, bem como em Psicologia da Arte pela Université Paris X, dedica-se há vários anos a examinar em profundidade a condição humana. Adaptando as suas abordagens e dispositivos às diferentes problemáticas que trata, procura compreender os processos de representação através da fotografia de retrato e de lançar um olhar comprometido sobre o género humano. A sua implicação e a proximidade que cria com as pessoas que fotografa ou a quem pede que façam um autorretrato, são também necessidades suas de pôr à prova e questionar o outro. Georges Pacheco expôs, entre outros, na Galerie du Château-d’Eau em Toulouse e no Centro Português de Fotografia em 2007, no Festival Mai-Photographies de Quimper em 2008, no Centre d’Art Contemporain Stimultania de Strasbourg em 2009 e na Galerie IMMIX em Paris em 2011. O seu trabalho foi igualmente projetado no âmbito do Festival Voies Off à Arles em 2008, no Festival ImageSingulière em Sète em 2009, e nas Journées Photographiques de Bienne em 2012, na qualidade de finalista do Rado Star Prize. A sua série Amalthée fez parte da seleção internacional do Festival Voies Off em Arles em 2012. Uma das imagens da série está exposta na National Portrait Gallery de Londres como finalista do Taylor Wessing Photographic Portrait Prize e recebeu, em 2012, o 2º Prémio de Photographies de l’Année, na categoria de Retrato. Foi atribuído ao seu trabalho o Prémio Voies Off em Arles em 2007 e fez parte dos 16 finalistas do Prémio de Fotografia da Académie des Beaux Arts em 2009.

Casa Esperança

Rua de Janes, 7-13, Braga, Portugal

Casa comercial do ramo do louças domésticas e objetos decorativos, vidros, cristais, louças sanitárias, mosaicos e azulejos, sita na Rua de Janes, nº7-13. Foi fundada em 1887...

Mais informação

Horário

Terça a Domingo | Tuesday to Sunday: 10h00 - 12h30 e | and 14h30 - 18h30, Horário Noturno de 21 a 25 de Setembro | Working Hours Night (21 to 25 Set): 21h00 - 00h00

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal