Cristina De Middel

"Jan Mayen"

Jan Mayen

Em 1911 o pólo norte já tinha sido descoberto e estes primeiros e corajosos exploradores tinham aberto um caminho a outros heróis que estivessem dispostos a desafiar a coragem e trazer para casa algumas lembranças únicas e inesquecíveis.
Era o início do turismo radical.
Nesse contexto, um grupo de supostos cientistas ricos, alemães e britânicos decidiu "redescobrir" Jan Mayen, uma ilha localizada entre a Groenlândia e a Islândia que vinha a ser usada há uns anos pelos baleeiros, mas que nunca tinha sido estudada cientificamente.
Navegaram, discutiram, lutaram, esqueceram a bússola, ficaram sem carvão e conseguiram chegar à ilha, mas o barco era grande demais e eles não conseguiam atracar.
Final da história. Nenhuma medalha para trazer para casa desta vez e nenhuma grande descoberta nos campos da ciência que a tripulação tivesse orgulho em apresentar.
A história é escrita por vencedores e o diretor de fotografia que fazia parte da tripulação estava bem ciente disso. Ele convenceu o grupo a parar no caminho de volta numa praia islandesa e a encenar a chegada com uma dramatização digna de um feito heróico satirizado.


Esta é a verdadeira história de como a História foi encenada.

Cristina De Middel

Cristina de Middel é uma fotógrafa cujo trabalho investiga a ambígua relação entre a fotografia e a verdade. Combinando documentário com práticas conceptuais de fotografia, ela joga com reconstruções e arquétipos que distorcem o limite entre realidade e ficção. Após uma carreira de sucesso como fotojornalista, De Middel abandonou a mira do fotojornalismo. Foi então que produziu a tão aclamada série de trabalhos intitulada The Afronauts, em 2012, onde explorou a história de um fracassado programa espacial na Zambia nos anos 60, através da recriação encenada de narrativas obscuras. Os trabalhos de De Middel mostram que a ficção pode servir como tema para a fotografia, tal e qual servem os factos, realçando que a nossa expetativa de que a fotografia deve sempre fazer referência à realidade está errada. De Middel tem exposto vastamente no estrangeiro e recebeu diversos prémios e nomeações, incluindo o PhotoFolio Arles 2012, o Deutsche Börse Prize, POPCAP’ 13, e o Infinity Award pelo International Center of Photography em New York. De Middel vive e trabalha no México.

Casa Esperança

Rua de Janes, 7-13, Braga, Portugal

Casa comercial do ramo do louças domésticas e objetos decorativos, vidros, cristais, louças sanitárias, mosaicos e azulejos, sita na Rua de Janes, nº7-13. Foi fundada em 1887...

Mais informação

Horário

Terça a Domingo | Tuesday to Sunday: 10h00 - 12h30 e | and 14h30 - 18h30, Horário Noturno de 21 a 25 de Setembro | Working Hours Night (21 to 25 Set): 21h00 - 00h00

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal