Rodrigo Orrantia

"Tropical Palace"

Tropical Palace

Há alguns anos atrás dei por mim a olhar fixamente para um outdoor de publicidade na estação de metro, uma fotografia magnânima de uma praia tropical, onde havia um bangalô rodeado por palmeiras e aves, que vendia o paraíso ao preço de um voo de regresso. Aquela imagem fez-me refletir sobre o facto de me estar a sentir estranhamente seduzido por um lugar que eu sabia não existir. Os operadores turísticos jogam com a necessidade ocidental do "exótico", e com o conceito de palácio tropical, que estão no topo de desejos de férias da população em geral.
Tal como o do outdoor, este palácio tropical também é um lugar imaginário. É um palácio com muitos quartos; espaços habitados pelas narrativas e atmosferas criadas pelos artistas convidados. O nosso “Tropical Palace” joga com a disparidade entre um destino tropical idealizado e uma realidade fotografada, certamente mais incomum e mágica do que qualquer uma das suas representações ilusórias.
Esta projeção apresenta artistas que trabalham na Colômbia, e que utilizam a fotografia para questionar as identidades individuais e nacionais, sendo possível encontrar ligações com a geografia e a história.

Este é um convite para entrar e permanecer no nosso palácio.

Rodrigo Orrantia


Artistas:



Natalia Behaine, San Bernardo del Viento, “Where I'll Always Return”

Camo - Camilo Delgado Aguilera "Pintoresque"

Karim Estefan, "Innerscapes (Certain Words)"

Cristina Figueroa Victoria Holguin, “Palms and Traitors”

Junho Juno, “Geometrical Thresholds”

Maria Elena Matallana, “Resistance”

Juan Felipe Rubio, “Landscaping Cartagena”

Rodrigo Orrantia

Rodrigo Orrantia é um historiador de arte e curador, especializado em fotografia e imagem em movimento. Depois de terminar um Mestrado em Fotografia Contemporânea e Histórica no Instituto de Arte da Sotheby em 2011, trabalhou em projetos para grandes museus no Reino Unido, incluindo o Museu Nacional dos Media, em Bradford, Manchester; Museu da Ciência e Indústria; Museu da Ciência, em Londres e feiras de arte, como o Paris Photo e Unseen Photo Fair. Para complementar o seu trabalho como curador, tem sido um orador frequente em Universidades do Reino Unido e França, e é também crítico em festivais internacionais de fotografia. É o editor da coleção Champion Photobooks, que será lançada no Festival Rencontres D'Arles, em 2016.

Casa Esperança

Rua de Janes, 7-13, Braga, Portugal

Casa comercial do ramo do louças domésticas e objetos decorativos, vidros, cristais, louças sanitárias, mosaicos e azulejos, sita na Rua de Janes, nº7-13. Foi fundada em 1887...

Mais informação

Horário

Terça a Domingo | Tuesday to Sunday: 10h00 - 12h30 e | and 14h30 - 18h30, Horário Noturno de 21 a 25 de Setembro | Working Hours Night (21 to 25 Set): 21h00 - 00h00

Apoios Institucionais

Braga UM DGArtes GovernoPortugal