Silvy Crespo

The Land of Elephants

Esta é uma história sobre exploração e resistência na terra do ouro branco, e começa com as montanhas. Diz-se que escondido debaixo das rochas cinzentas das montanhas de Barroso está um precioso metal branco prateado. Conscientes dos danos irreparáveis que a exploração mineira deste recurso causaria às paisagens e ao abastecimento de águas subterrâneas, habitantes da região recusam-se a ver direitos minerais concedidos a empresas, no interesse de lucros rápidos, mas efémeros. Diz-se que Portugal é a maior reserva de lítio da Europa. Devido a um pedido crescente, Portugal lançou um leilão para a atribuição de licenças de pesquisa e exploração de lítio. As promessas do passado são as mentiras do presente: criação de emprego e crescimento económico. Mas quem poderia deixar de ler o sermão nas rochas de Barroso? Quem poderia pensar que uma mina a céu aberto ira garantir a salvação ecológica quando entre as montanhas, as ruínas do passado mineiro permanecem, vestígios e presságios de recursos pilhados e aspirações iludidas?  Derivando o seu título do jargão da indústria mineira, onde "caça ao elefante" conota a prospeção de minerais em locais onde estes são relativamente abundantes, The Land of Elephants é um projeto em curso que combina fotografias analógicas, imagens de satélite e vídeo. A justaposição destes registos visuais constrói uma linha temporal ambiental, induzindo um duplo olhar: para os danos permanentes infligidos à paisagem no passado, e depois para o futuro, com as suas ameaças iminentes de maior destruição. 

  • Silvy Crespo é uma fotógrafa franco-portuguesa. Após ter trabalhado alguns anos como advogada, Silvy estudou fotografia na Academia Real de Belas Artes da Haia onde recebeu o seu Bachelor of Arts. Com interesse em projetos documentais que abordem questões relacionadas com o pós-colonialismo e as estruturas imperialistas de poder, Silvy tem desenvolvido projetos focando sobre o conceito de extração de recursos humanos e naturais. O seu trabalho já fez parte de várias exposições coletivas. Em 2020, o seu projeto The Lands of Elephants foi publicado em várias revistas e plataformas digitais. Foi vencedora do prémio Paul Schuitema 2020 e finalista dos prémios Blurring The Lines e Photoworks Photography+ Graduates. O seu trabalho será apresentado durante a edição 2022 da Biennale Für Aktuelle Fotografie na Alemanha.

     

     

    Exposição:

     

    Edifício do Castelo

    Segunda a Sabádo: 14h00 - 18h30

logo for The Land of ElephantsThe Land of ElephantsThe Land of ElephantsThe Land of Elephants