Elena Helfrecht

Plexus

Plexus é um estudo de caso fotográfico baseado em naturezas mortas que emergem de traumas herdados e pós-memória, explorando a família como um colaborador essencial para processos psicológicos e culturais ao longo da história. Após a morte da minha avó, voltei à quinta da minha família na Baviera e usei a casa e o seu arquivo como palco e protagonistas de uma peça alegórica. 

No processo de reconectar a história fragmentada da minha linhagem feminina, o termo 'relembrar' torna-se literal. Ao mergulhar nessa história, preencho as lacunas com sonhos, associações e cenas imaginadas de forma a criar uma narrativa que transgrida as fronteiras pessoais e nacionais. Os objetos e a arquitetura da casa tornam-se representantes metafóricos e abrem uma passagem entre o passado e o presente. 

Permear as imagens é uma busca figurativa por aparentes recorrências da história, ecoando a minha própria repetição dos comportamentos da minha mãe e da minha avó. Ao confrontar um passado de quatro gerações, um renovado senso de identidade gera a base para uma investigação detalhada da pós-memória, saúde mental, guerra e história. 

  • Elena Helfrecht (1992), é uma artista visual que trabalha com fotografia. Completou o Mestrado em Fotografia pela Royal College of Arts em Londres em 2019 com distinção, após ter estudado Arte e História da Imagem na Humboldt-Universität em Berlin entre 2016 e 2017 e fez um bacharelato em História de Arta e Ciência do Livro em Friedrich-Alexander-Universität  em Erlangen em 2015. O seu trabalho tem sido exposto e publicado internacionalmente. Em 2020 foi nomeada para o prémio Foam Paul Huf Award  e ficou em segundo lugar no Sony World Photography Awards na categoria professional Still-life. Elena venceu o prémio Camera Work presidido por Palazzo Rasponi 2, e foi finalista do prémio HSBC Prix pour la Photographie, e das bolsas PHMuseum Photography Grant e  The Aftermath Project Grant. O seu trabalho foi selecionado pela Bloomberg New Contemporaries em 2019, foi exposto na South London Gallery and Leeds Art Gallery, e foi favorito do juri em Le Bal Award for Young Creation, assim como foi vencedora do prémio AOP Student Awards, Magenta Flash Forward, e Ginnel Foto Award no mesmo ano. O seu trabalho fez parte de inúmeras publicações tais como British Journal of Photography, GUP Magazine, HANT Magazin, Der Greif, e ‘On Death’ de Kris Graves Projects e the Humble Arts Foundation, no qual foi nomeada Time’s 30 Best Photobooks of 2019.

     

     

     

    Exposição:

     

    Mosteiro de Tibães (Braga)

    Terça a Domingo e Feriados: 10h00 / 18h00

     

logo for PlexusPlexusPlexusPlexus